Pesquisar este blog

domingo, 3 de outubro de 2010

Beber ou não beber?

Essa é uma das perguntas mais feitas na cabeças dos adolescentes hoje em dia. Eles sabem que é errado e que faz mal a saúde, mas na hora de sair com os amigos isso não importa, o importante é parecer “legal”.
Atualmente o grupo de risco na depedência alcóolica é principalmente os jovens de 13 à 18, que cada vez começam a beber mais cedo, podendo causar à eles mesmos muitas doenças e complicações, especialmente na parte neurológica.
Na hora de sair com os amigos e necessário ponderar, mas beber tem sinônimo de status e amadurecimento, cada ambiente tem sua própria bebida, no churrasco cerveja, na praia caipirinha e etc., o importante é aparecer “bem na fita”.
Com tudo que está acontecendo é possível observar o grande aumento do alcóolismo. Oitenta por cento dos jovens já beberam alguma vez na vida, porém o mais preocupante que mais de 20% destes jovens podem desenvolver dependência alcóolica.
Normalmente quando o adolescente bebe ele quer aparecer ou mostrar que é mais forte e até para “afogar” as mágoas. Ainda não há uma lei REALMENTE efetiva, pois os jovens e até crianças conseguem bebidas facilmente, ainda por cima sendo influenciadas pelos adultos que vivem ao seu redor, sempre bebendo em “ocasiões especiais”, mas dando mal exemplo aos adolescentes.
Com isso concluimos deveriamos ser mais rígidos e efetivos para melhorar as leis e pô-las em prática, assim diminuindo o alcóolimo jovenil e os futuros dependentes alcóolicos. Também devemos conscientizar os jovens de que se hoje ele bebe e é “legal”, amanhã ele estará com sérios problemas, sejam eles de saúde, emocionais ou sociais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário